quarta-feira, 28 de setembro de 2011

SE FUNCIONA COM ELA . . .

.

Ele - Pápi, a minha professora não grita.
Eu - E porque haveria de gritar?
Ele - Para mandar calar os alunos!
Eu - Mas se ela também está a gritar como é que os alunos entendem que se pode falar sem gritar?
Ele - Pois é, com esta professora há mais silêncio na aula…
Eu - E como é que achas que isso acontece?
Ele - Estás a dizer que se a professora gritar menos os alunos também gritam menos?
Eu - Não sei, o que acontece contigo?
Ele - Eu não gosto que me gritem mas quando estou zangado eu grito muito.
Eu - Pois… e…
Ele - Acho que vou falar mais baixo, se funciona com a professora vai funcionar comigo.
Eu - Acho bem Lucas.

Comportamento gera comportamento, imaginem que todos os educadores sabiam isto . . .

5 comentários:

maria disse...

Venho aqui muitas vezes para ler estas conversas do Lucas que são deliciosas...inocentes, inteligentes, que dão que pensar, mas que me deixam sempre com um sorriso de orelha a orelha :)))

De vez em quando perco o blog, mas quando o encontro, perco-me a lê-lo :)

Obrigada Lucas :)

Beijinho :)

Carolina Tavares disse...

Mesmo assim nem todas as crianças chegam a esta conclusão. O Lucas é especial. Penso que as crianças que são amadas e tratadas com respeito são mais amorosas e conscientes de suas responsabilidades, e por isso crescem mais seguros.

pinguim disse...

Um dos grandes desgostos da minha vida é não ter um filho.
Se tivesse um,gostaria que fosse como o teu Lucas...

Paulo Lontro disse...

obrigado pelas vossas palavras.
:)

Isandes disse...

Não é assim tão linear (olha a prof com turmas de 27 a acusar-se...).
Parabéns ao Lucas, que é um homenzinho! ;)