segunda-feira, 6 de abril de 2009

BLOWinBLOG 4







Felação

Esta não foi, de certeza, a melhor felação que já me fizeram - esse título está com outra boca, outros olhos - mas foi a mais inesperada, e de qualquer forma aproxima-se muito.
Eu tinha acordado cedo, como de costume, e a empregada trouxera-me o pequeno almoço: ovos estrelados, bacon, sumo de laranja, um galão frio, quase gelado, e torradas.
A casa era uma daquelas construções coloniais assentes em pilotis, com uma varanda de quase três metros a toda a volta.
Depois do pequeno almoço, fui sentar-me na cadeira de balanço a ler o jornal.
Ainda só tinha os shorts vestidos, sem nada por baixo, porque apesar de cedo já estava calor.
A minha mulher dormia ainda, e as crianças tinham ido passar o fim de semana a casa de uns amigos na cidade.
A empregada levantou a mesa e pôs-se a limpar o chão da varanda, de gatas: uma metade de casca de coco em cada mão e um pano debaixo de cada joelho.
Quando chegou ao sítio onde eu estava sentado olhou para mim e continuou a esfregar. Mas pouco depois voltou a olhar para mim, e para os meus calções, onde, apercebia-me agora, o pénis e os testículos eram completamente visíveis.
Sem uma palavra, sem um olhar, sem sequer tirar os panos dos joelhos, ela aproximou-se, tirou-me o membro para fora e começou a chupá-lo.
Não trocámos uma palavra, ninguém nos viu, ninguém nos ouviu; eu tentava transformar em suspiros os urros de prazer que tinha vontade de dar.
O dia estava completamente imóvel, não havia sopro de vento, nada se mexia salvo a língua e os lábios dela.
Estávamos na estação quente e em breve o calor seria infernal.
Quando acabou, cuspiu o esperma para um dos panos, limpou-me com a manga da camisa, foi buscar outro pano e continuou a esfregar o chão da varanda.
Eu fui para o quarto deitar-me ao lado da Maria José, e tentar fazer-lhe amor.
A coisa repetiu-se duas ou três vezes; depois despedi a empregada, e recusei sistematicamente todas as jovens que se apresentaram para a substituir.

Texto : Luís Serpa


BLOWinBLOG " 1, 2 e 3 "

28 comentários:

Paula disse...

um texto destes para começar esta segunda!!!complicado...
boas imagens!

Yiskay disse...

Concordo com a paula!!! muito forte o texto...e muito atrevido da tua parte :)

Conde disse...

Sem comentarios!.

spritof disse...

bem... bem sugestivo para começo do dia.
hum...
:D

Who Am I disse...

Eu acho que o senhor fez mal em despedir a empregada...o desemprego é uma situação triste! :P

...

vício disse...

sugestiva! essa felação!
será que o tentar de fazer o amor à Maria José foi ordenada pelo peso da consciência?

Ianita disse...

Coupling, 1º episódio da 3ª temporada... encontras o resto no youtube se quiseres, mas o fim deste episódio...

http://www.youtube.com/watch?v=X0vkFhRvubQ&feature=PlayList&p=B1ACBC404BFC144F&playnext=1&playnext_from=PL&index=19

É só o que eu penso quando vejo estas fotos... se tiveres um bocadinho, espreita... :)

Kisses

PAULO LONTRO disse...

Paula,
define complicado?
:)

PAULO LONTRO disse...

Yiskay,
define texto forte?
:)

PAULO LONTRO disse...

Conde,
homem do mar... glu glu glu...

PAULO LONTRO disse...

sprit,
define sugestivo?
:)

PAULO LONTRO disse...

WAI,

Até que enfim que alguém interioriza (salvo seja) o alcance social do Post...
:)

PAULO LONTRO disse...

vício,
O mesmo adjectivo do spritof... combinaram?
Quanto ao peso… talvez…

PAULO LONTRO disse...

Ianita,

espreitei o filme e...
não, não é o que penso quando vejo as fotos...
(lol, lindona a série é de cagar a rir)

Paula disse...

complicado = desejo, vontade, querer e não ter e por aí fora

roserouge disse...

Machistazinho, esse texto. Não gostei.

Ianita disse...

LOL é , não é? eu amo essa série!

Mas aposto que a partir de agora vais pensar nisso quando eu te falar em ranger os dentes :)

cantinhodacasa disse...

Fiquei sem fôlego, com o texto(sabes que ler, leva-nos a sentir, provar...)
Paulo o texto está demais!
Continuo a dizer que, para começar a semana, o Paulo deixa qualquer mulher extasiada...com as fotos.
Beijinho

PAULO LONTRO disse...

roserouge,

Não foi com ideias machistas que o coloquei, parece-me um excelente texto.
Obrigado pela opinião.

PAULO LONTRO disse...

cantinho,

Já está mais calma?
Já respira melhor?
Lol...

Sim, eu acho o texto muito interessante.
Este homem, Luis Serpa, escreve muito bem e tem um blog muito original.

Yiskay disse...

...poderoso,consistente,com essência!:)
...e arriscaria-me a dizer..."apelativo"!

Pax disse...

Eu também acho que é bem melhor do que esfregar o chão! ;)

PAULO LONTRO disse...

Paula e Yiskay,

Vocês têm total domínio da lingua... portuguesa.

PAULO LONTRO disse...

Pax,

De que falas Pax?
lol :)

Missanguita disse...

Que desculpa terá ele dado para despedir a rapariga?

PAULO LONTRO disse...

Missang,

Foi despedimento sem justa causa...

Pax disse...

FALO do... pano que estava debaixo dos joelhos, lol.

;)

Nagareboshi disse...

não é nada forte! estas histórias é que são interessantes, tem um bocadinho de picante e nunca se pode dizer de a antemão o que vai acontecer a seguir...eu nunca pensei que ele despedisse a empregada, pelo menos depois de ela o ter feito mais do que uma vez...ou despedia depois da primeira ou não despedia...