terça-feira, 14 de abril de 2009

UMA QUESTÃO DE GRAFISMO...?



O Channel 4 exibiu, pouco depois das 22h, um anúncio ao ‘pleasure gel’ da marca de preservativos Durex.
No vídeo criado pela agência de publicidade multinacional McCann Erikson, várias mulheres simulam orgasmo enquanto têm relações sexuais.
Na banda sonora, a expressiva ária ‘Rainha da Noite’, que integra a ópera ‘A Flauta Mágica’, de Mozart.
A discussão pública em torno do anúncio ganhou, entretanto, diversas frentes, quando chegou uma queixa às autoridades por se tratar de um ‘spot’ «ofensivo e demasiado gráfico».
Segundo a primeira abordagem, legal, a Advertising Standards Authority – ASA (Autoridade para a Regulação de Publicidade) não levanta qualquer impedimento no que diz respeito a este caso concreto, apesar de existir uma limitação clara quanto a filmes de teor sexual, que só podem passar depois das 23h.
«Consideramos que este anúncio não foi demasiado gráfico, não continha qualquer material explícito nem parece que cause ofensa, sendo que foi apropriadamente calendarizado», atestou a ASA.
Contudo, Inglaterra está no topo dos ‘rankings’ europeus no que diz respeito à gravidez de adolescentes. Se, em defesa da Durex, há quem argumente que o preservativo pode ajudar a inverter essa tendência, há também quem acredite que tal poderá ser contraproducente e que sirva apenas para «sexualizar os jovens», cita o jornal britânico The Guardian.

fonte: jornal SOL

13 comentários:

Ianita disse...

Muita gente pensa que eu sou parva quando digo que muitas questões se resolviam com um valente par de estalos, mas... cada vez mais acho que tenho razão :)

Uma das coisas que mais me irritam são os falsos púdicos. O anúncio está muito bem conseguido e não tem mesmo nada de especial...

Inglaterra... também foram eles que excluiram o Holocausto dos livros de História por ser ofensivo para as pessoas que não acreditavam nele...

Inglaterra... que como dizias tem a taxa mais alta de gravidez na adolescência em países europeus. Resultado de muita falta de informação. Resultado de muita displicência.

É em casos como este que tenho muito orgulho em ser portuguesa. Estamos mal, mas depende de nós estarmos melhor. Há que divulgar que todos os centros de saúde têm consultas de planeamento familiar gratuitas, com exames gratuitos, incluindo análises ao sangue de rotina (que boa forma de poupar quase 10€ nas análises de rotina de 6 em 6 meses). As pílulas e os preservativos são de borla para mulheres que vão à consulta 1 vez por ano. Só isso. 1 vez por ano, tudo gratuito. No excuses :)

Kisses

Paula disse...

eu acho que a questão fundamental é mesmo saber se o pleasure gel funciona e se vale a pena gastar dinheiro nele!!!
:P

Al Kantara disse...

Sexo nunca, somos britânicos...

Cris... disse...

Oh, please!

Em quê parte dizes que acham que o anúncio é ofensivo?

É que por mais que o vejo...

PAULO LONTRO disse...

Iani,
como sabes eu vivi em muitos cantos e podes acreditar que apesar de haver coisas como aquelas das vestimentas da Loja Cidadão de Faro, nos estamos anos luz à frente de muitos países europeus, é pena que poucos saibam disso.

Paula,
neste caso paricular não penso que seja essa a questão mais pertinente.

Al,
Claro, por Deus e pela Rainha...

Cris,
poix.. e eu também não, talvez por isso dizem que o problema é o "grafismo" seja lá o que isso for...

Paula disse...

Claro que não Paulo...estava a brincar!

Ana Camarra disse...

Paulo

O anuncio é excelente!
Mai nada!

(só Diaconos....)

Beijos

Larose disse...

Adorei ....está muito bem conseguido!

NI disse...

Concordo com a Ianita.

Temos a terrível mania de menosprezar o que faz no nosso País.

Em termos de planeamento familiar e de decréscimo na taxa de mortalidade infantil, fomos o País que mais evoliu.

Ainda no passado fim-de-semana um especialista norte-americano realçava o exemplo positivo português na luta contra a droga e criticava os EUA por não aproveitarem o plano português.

Esta falta de auto-estima lusitana e o "pudismo" bacoco tiram-me do sério.

Missanguita disse...

Desculpa! Está brilhante!

cantinhodacasa disse...

Vi agora o vídeo. Está bom.
Vê-se muito "pior" nos morangos com açucar e outros temas publicitários mais provocadores.
Beijinho

sessaoexperimental disse...

O video está fantastico, não percebo o que se passa nessas mentes pseudo puritanas...enfim...a questão da camisinha incentivar a promiscuidade nos miudos é ridicula....eles não precisam de ajuda nenhuma eheheh ;)

abração

Nagareboshi disse...

concordo completamente com a Ianita!