terça-feira, 26 de maio de 2009

NO TEATRO DAS OPERAÇÕES...


Depois destas... ontem veio outra!


Ele - Pai, podes colar o Ninja aqui, nesta asa de um Transformer?
Eu - Porquê?
Ele - Porque eu quero que ele voe.
Eu - Lontrinho, mas os Ninjas não voam, eles lutam com os pés no chão.
Ele - Pai, és tão básico… isto é mais um meio de ataque!
Eu - Hhãããã !!!
Ele - Olha, isto fica uma plataforma voadora, vês?
Eu - Sim, mais ou menos….
Ele – (abana a cabeça impaciente…)

Estou de cara à banda, Plataforma Voadora, Meios de Ataque……
No meu tempo, o cowboy pegava na pistola, dava um tiro no índio, dava-lhe cabo do canastro e tudo ficava resolvido…. E eu é que sou básico, eu sou básico…. !?!?!?

14 comentários:

ianita disse...

Desculpa lá, mas a verdade é que o pessoal quando era mais novo também não se contentava com os bonecos como eles vinham!

Ou era fazer mais roupas para as bonecas, ou inventar enredos diferentes ou coisa que lhe valha. E punhamos os bonecos a voar, só não tínhamos plataforma voadora porque basicamente não tínhamos vocabulário para isso :)

Viva a imaginação!

Conde disse...

Eu tenho uma cicatriz no queixo.... foi um indio!. Uma lança atirada numa colina. Era mais assim quando eu era miudo E foi muito bom.

Conde disse...

Estava agora no almoço e pensava ( por causa de ti) na minha infancia. E lembro-me de ir aos caixotes do lixo para descobrir lampadas ainda inteiras que colocava no ribeiro que sai da fábrica da cerveja sagres e depois ia seguindo o curso do ribeiro partindo sucessivamente as lampadas à fisgada, até á base aérea (que atravessava)e só parava no tejo. Tinha um banco privativo num tronco de uma oliveira e quando subia o monte via até a casa da Ana Camarra. Tive um quintal imenso para brincar, nesse aspecto não me posso queixar.

Ana Camarra disse...

Paulo

Tudo quanto era brinquedo eu "transformava" a minha pistola de cowboy se fosse necessário disparava raios laser.
A minha Cindy (não havia Barbies)era uma maluca com ar punk e batia as meças com os Action Man do meu primo.
Por acaso estés um pouco basaroco, a tua sorte é teres esse Lontrinho iluminado que te mostra outros caminhos.

beijo

Gata2000 disse...

Em relação aos nossos pirralhos seremos sempre básicos, porque eles estão váruios passos a nossa frente no que diz respeito a imaginação, inteligência e engenho! Só temos de nos pôr no nosso lugar, sem que eles o percebam.
Beijinhos

vício disse...

tens de acompanhar a evolução!
qualquer dia ainda vais ver o super pateta a ser transportado pela abelha Maia por lhe faltarem os amendoins.

Who Am I disse...

ehehheh Vivendo e inovando, o menino é que sabe!

Vesúvia disse...

como diz a minha avó "dantes nasciam de olhos fechados, agora já nascem de olhos abertos!"
não és nada básico, os miúdos é que são cada vez mais aperfeiçoados... lol

beijinho

Filipe Rodrigues disse...

O teu miúdo arranja sempre maneira de te tramar!
:)

cantinhodacasa disse...

Querido Paulo, tens que te adaptar ás novas tecnologias...do teu filho.
És tão básico mesmo!
(Só mesmo nós adultos,rsrsrsrsrs)

Missanguita disse...

Ao menos desta vez não te pediu um brinquedo novo.... ;)

NI disse...

Paulo, és a desgraça da nossa geração. Se não tínhamos computador, net, I-Pod's, telemóveis e afins, como é que conseguíamos passar momentos únicos? Com muita imaginação e pouco dinheiro meu querido.

Eu e os meus amigos íamos para uma quinta enorme junto à escola (onde hoje existe o Continente, Gaiashopping e afins)fazer de conta que éramos os heróis dos "pequenos vagabundos", ahahahahahah

A imaginação não tinha limites...

Beijo

Spirit disse...

LOLOLOL

A-M-E-I este post! Está brutal! As crianças de hoje já nascem com uma "bagagem" que nós não tinhamos com a idade deles.

Beijos

Anónimo disse...

OH paulo!É do melhor,estás a ver o que a tua natureza deu origem,é teu,é a continuaçao da tua geraçao,a tua sementinha,nela espelha-se quem provavelmente tu poderias ser!... qui ça!!!

Bjnho

ANGIE