quinta-feira, 7 de maio de 2009

UMA QUESTÃO DE QUIMICA...




Hoje de manhã no café, dois catraios de liceu falavam de algo sobre química.
Pois química foi daquelas disciplinas que sempre me deu vontade de nem ir às aulas, nunca fui muito de acertar as equações, elas desde há milhões de anos que se acertam sozinhas e sem a ajuda do ser humano ou seja nunca entendi porque nos deveríamos meter nesse assunto …, voltando à vaca fria, a certa altura ouço na mesa contígua à minha um dos catraios a contar:

- Ela disse-me que não há química pá e por isso não dava para andar comigo!

Engoli mais um golo de café para ter a certeza que estava acordando e enquanto olhava fixamente para a torrada veio da boca do outro mais uma pérola:

- Oh meu, essa merda da química é coisa de gaja, a tipas agora até dão valor ao cheiro e depois dizem que é química, fodasse pá!

O primeiro, com uma cara de desconsolado e de carneiro mal morto diz:

- E não é normal essa do cheiro? Não me digas que gostavas de uma gaja com mau cheiro na cona?

A esta altura, com o café já bebido e com a certeza que estava acordado começava a ficar preocupado com aquelas criaturas. Eis que, mesmo antes de eu pegar na torrada chega a cereja no topo do bolo desta conversa de especialistas de gajas;

- Mas por acaso achas que a minha pichota tem nariz…? Fodasse manda essa merda do cheiro e da química a tromba da gaja e arranja outra!

Sem dúvida…, hoje é que se entende de amor e sexo, eu sou de outra geração, da geração que ainda acertava as equações nas aulas de química…
Levantei-me, fui pagar ao balcão e fui pela rua a comer a torrada e a pensar, a pensar muito…..

41 comentários:

NI disse...

Obrigado por me teres arrancado uma gargalhada. Nem imaginas o que eu estava a precisar.

Uma questão de química? Ainda não acredito, ahahahahahah

Beijo

ianita disse...

Espécimes destes há-os em todas as gerações, acredita!

Tenho pena deles :)

Kisses

PAULO LONTRO disse...

NI,

Dou o necessário, até escrever, o que não faz muito o meu género, para te fazer rir...
:)

PAULO LONTRO disse...

iani,

eu com a idade deles entendia pouco de química, de uma e de outra... lol...

Paula disse...

e eu quer-me parecer que eles também não percebem de nenhuma das químicas...eles nem devem saber o que fazem nesta galáxia!
:D

escarlate.due disse...

não consigo evitar rir
é claro que dá que pensar, significa que essas duas alminhas não só ainda têm muito que aprender sobre sexo, como sobre emoções e sentimentos.
mas calma Lontro, eles chegam lá com o tempo, a experiência, a vida (assim o espero) e a com uma valente ajudinha de pais, professores e quem mais os rodeia

cantinhodacasa disse...

Ó Paulo, deu-me vontade de rir.
Química também eu não antendia nada, mas ia fazendo e decorando as fórmulas. A química do amor/sexo, penso que de certa forma eles têm razão.É palavra de gaja.
Ouço-a muitas vezes.
Quanto ao resto o tempo ensinar-lhes-á, com muitas quedas pelo meio.
A linguagem, essa...
Beijinho.

Who Am I disse...

Pois...mas até era menina para me rir se não conhecesse "exemplares" com uns anos valentes, ainda nessa fase (sem perspectivas de melhoras).

Vesúvia disse...

"fui pela rua a comer a torrada e a pensar, a pensar muito…"

sim Paulo, pensa... daqui a pouco é o teu lontrinho... lol

beijinhos

jardinsdeLaura disse...

Paulo Lontro,

Isso é o que se chama abordar o tema com luvas de boxe... sem pudor, poesia, sentimento e nem sequer preliminares... "introdução" nua
e crua que é como quem diz direitinhos ao "buraco"!
Sabes que mais? Isso é muita pornografia é o que é!! O que é triste, mesmo muito triste!

Missanguita disse...

Estou em choque. Nem sei que escreva.
E daí... nem é assim tão raro...
Se calhar o meu problema é que eu gostava de química... e gostava de acertar as equações...

PAULO LONTRO disse...

Paula,

Eu cá acredito em coisas mais práticas... mais terra a terra, isso das galáxias lembra-me extraterrestres...

rs rs rs ....

PAULO LONTRO disse...

escarlate,

Eu nem punha de parte a ajuda de uma alma mais caridosa do sexo feminino.
Um dos putos tinha mais potencial do que o outro…
Mas sim, com o tempo e muita cabeçada na parede e muito “ficar com as calças na mão” a coisa deve entrar naquelas cabecinhas nem que seja nas cabecinhas de baixo…

PAULO LONTRO disse...

Cantinho,

Tinhas-te passado se fosse ao teu lado...lol...
Sempre gostei mais de física, pelo menos vê-se logo efeito... e não estou a falar de Viagra... rs rs rs rs ....

PAULO LONTRO disse...

WAI,

lol...lol...
Esses exemplares XY recambiaste-os para donde vieram...?
Já conheci exemplares XX onde momentaneamente a física foi mais forte que a química...
;)

Ana Camarra disse...

Paulo

Dava para rir se não desse para chorar....
Tristeza, nunca vão saber a diferença entre ´hard core e erótico, a diferença entre dois palvrões gritados com arrogância e arrotos e um galanteio soprado ao ouvido, nunca vão ter a noção que existem actos sensuais muito mais sexuais, que o coito...
Tão jovens e tão pobres!

beijos

PAULO LONTRO disse...

Vesúvia,

Podes ter a certeza que o Lontrinho chegará a essa fase a saber bem mais do que estes exemplares.
Aliás faz parte da raça Lontra saber essas coisas... e muitas outras…
:) ;)

PAULO LONTRO disse...

jardins,

Transcrevi o que realmente ouvi mas tens razão, o “sexográfico “ é ausente de sentidos fundamentais como e Cheiro e o Tacto e o Sabor daí que estes putos ainda não entendam que é bem melhor apreciar a “coisa” com os 5 sentidos.
;)

PAULO LONTRO disse...

missang,

A uma mulher como tu estes riscos já não são nem uma probabilidade.
Detectarias os cromos assim só com o olhar…

:)

PAULO LONTRO disse...

Sabes que eu também considero a possibilidade de nunca terem visto em casa acontecer química com os pais ou ainda a possibilidade de nunca se "fazer amor" em família, não sei se me fiz entender…

Missanguita disse...

Achas? Nunca consegui fazê-lo...

vício disse...

a tua torrada cheirava bem? :D

esse catraio merecia ser castigado com um pena de fazer sexo oral a uma gaja as vezes necessárias para o cheiro de uma semana desaparecer!

os neurónios cada vez mais se encontram deslocados...

Nagareboshi disse...

O_o

bono_poetry disse...

olha que ri a grande...os putos ja nao sao putos e as mulheres ja nao sao o bau dos segredos como era antes ,de ser mais que puto, essa e a verdade,e engracado e que a maioria dos putos ja viu muita (coisa)lol.
agora que o mundo precisa de mais cores e mais fragrancias precisa e quando falo disto e mesmo de aliens femininos que a gente precisa pois as mulheres deixaram de ser segredo...ai que vou levar porrada mas que se lixe///ok ok ..eu pedia uma marcianazinha loira e dentes verdes com a lingua bem grande e um par de peitos tipo xxl...

Gata2000 disse...

Paulo, eu tenho é medo que a minha "criaturinha" venha a ter essas conversas no café. E pensando bem, será que falta assim tanto tempo? Deus!!!

leitanita disse...

Fiquei sem palavras... é demasiado mau!

PAULO LONTRO disse...

Vicio,

A minha torrada cheira sempre bem e não saí do café pelos “cheiros” em causa.
O puto devia ficar a “seco” dois ou 3 anos e podes ter a certeza, aprendia o que tinha de aprender.

PAULO LONTRO disse...

Nagare,

olá morenita, ao tempo que não te via por aqui.

Ficaste de olhos trocados com a situação...?

Patrícia disse...

É triste, mas é muito comum. E concordo com o que foi dito noutros comentários, infelizmente não são apenas os catraios que pensam assim. Há por aí muito adulto a pensar (e dizer) o mesmo e pior...

PAULO LONTRO disse...

bono,

Opá, andas com pensamentos muito extraterrestres...
Eu cá simplifico, eles são é burros e do planeta terra!

PAULO LONTRO disse...

Gata,

Não sei que idade tem a tua criatura mas tenho a certeza que terás a capacidade de a não deixar chegar aquele estado de demência... impossível com uma mãe assim!!!

PAULO LONTRO disse...

Leita,

Vocês não têm um medicamento para estas patologias...???

PAULO LONTRO disse...

Patricia,

Pois é bem possivel que assim seja.
A educação sexual faz muita falta em casa e na escola.
Sê bem-vinda.

Patrícia disse...

Tens toda a razão, a educação sexual faz falta, mas continuo a achar que faz mais falta em casa do que na escola. A educação sexual, pelo menos no que diz respeito à afectividade, deveria, a meu ver, ser algo natural e sempre presente em casa. Nem que para isso os pais tivessem de receber formação. :) Quando às questões mais ligadas à parte científica, concordo que a escola deveria estar preparada para fornecer toda a informação. Não tenho filhos, mas tenho esperança de vir a ter, e faço questão de evitar grandes confusões nas cabecinhas deles. A minha mãe, apesar da educação extremamente retrógrada que recebeu, explicou-me como fui concebida e como nasci quando eu era bem pequenina. E quando apanhei (sem querer) os meus pais a fazer amor, apesar de terem ficado atrapalhados na altura, também não me tentaram enganar, e não foi minimamente traumatizante, posso atestar. :)

PAULO LONTRO disse...

Patricia,

Em vários comentários acima eu referi que a educação em casa é o segredo e nem é necessário falar de “cheiros”… rs rs rs …
Mas nem todos têm o privilégio de ter a tua educação e a sorte de ter pais como os teus, talvez a maioria tenha memo que desbravar caminho sozinho.

Filipe Rodrigues disse...

Oh Paulo, acho que se estivesse no teu lugar, teria deitado todo o café boca fora...
A miudagem, anda completamente descontrolada... Nunca vão conseguir acertar nada na vida...
Abraço

PAULO LONTRO disse...

Filipe,

viva, ao tempo que não davas sinal de vida.
Opá, o café é sagrado não era por eles que o deitava fora.
Eu não sou tão pessimista, as coisas endireitam-se!!

paula'maria disse...

só mesmo contigo mas tens a certeza que estavas acordado? x)

PAULO LONTRO disse...

paula'maria,

infelizmente estava acordado e eles eram seres terrestres e não ET's

Ed disse...

Gostava de ouvir a coversa que a "gaja" estaria a ter com a amiga sobre este "jobem".

PAULO LONTRO disse...

ed,

lol...lol...
Deveria estar a dizer que está farta de desmamar criancinhas...