sábado, 8 de agosto de 2009

CANTOS E RECANTOS, POR BRAGA E GUIMARÃES











Há muito tempo que não girava por aí com a máquina fotográfica.

23 comentários:

Missanguita disse...

Contra a vontade dos leitores deste blog! Pelo menos contra a minha vontade, que sendo a primeira a comentar, assumi os desejos de todos os outros.

Quase Blog da Li disse...

Assino em baixo!
li

Ana Camarra disse...

Olha fiquei cheia de saudades de revisitar...
Em Braga entre outras coisas tive a maior ressaca da minha vida (depois conto-te), Guimarães sempre gostei menos de um retrato a oleo que existia num Museu, no Paço (?) que nos seguia com olhos e eu tapava a cara no ombro do meu pai fechava os olhos com muita força e só sonhava com o Jesuita que me iam dar ao lanche depois de tal provação.....

beijos

nota-não ercebo comentário da missanguita :(

Isandes disse...

boas fotos (embora te faltem muitos recantos fantásticos)!

PAULO LONTRO disse...

Missanga,
Pois, mas as minhas são melhores que as tuas (mesmo as da tua maquineta nova)lol..lol...lol...
tens é inveja!
:)

PAULO LONTRO disse...

Li,

ggrreeeuuuu.....
tu tens mau feitio...rsrsrsrs...
lol...lol... aparece por aqui sempre que quiseres.
:)

PAULO LONTRO disse...

Ana,
conta-nos essas histórias...
:)
o Jesuita era pastel ou homem?
lol.lol....

a missanga quer que eu deixe a máquina fotográfica em casa...
;)

PAULO LONTRO disse...

Isandes,

Bem-vinda aqui ao canto.
Olha que eu conheço mais recantos do que podes imaginar..., é que eu, mais ou menos, também moro aí, na tua terra!
A primeira coisa que roubei aí foi a minha Lontra, e depois, fui roubando recantos e cantos, uns fotografados, outros, apenas memorizados.
:)

Missanguita disse...

Pois são!E por isso deves por mais!

cantinhodacasa disse...

Olá. Ó amigo Lontro, estiveste no Minho e não disseste nada?
Porque não avisaste? Teria todo o gosto em ver o lontrinho , a lontrinha, que eu não fazia a menor ideia que é destas paragens minhotas, e não é por acaso que ela tem un rostinho "trigueiro", e a ti também.
As fotos, ai que jeitinho tens para elas!

PAULO LONTRO disse...

Cantinho,

Fui visitar Braga e Guimarães com umas amigas Americanas.
Sim, a Catarina é de Guimarães!
Vou lá mais do que uma vez por mês.

Fiquei de cara à banda com a tua Braga, está uma metrópole e aquele centro tem centenas de esplanadas, e todas cheias de jovens e turistas, num dia de sol.
A cidade não tem nada a ver com a Braga que eu conheci há uns anos.

Quanto a Guimarães…, é uma situação bem diferente, está PARADA NO TEMPO!

A cidade está arranjadinha, limpinha, e muitos mais adjectivos acabados em inho/a, está desinteressante e cheia de velhos a viajar em “autopulman”.

A cidade não pode ser apenas um conjunto de velhos recantos e cantos bonitos, e eles são muitos, como dizia bem a Isandes (Isandes, posso apitar quando aí for?).

Eu adoro Guimarães por motivos óbvios, e estou com muita esperança que tudo o que vai ser feito para a dinamizar até ser a capital europeia da cultura em 2012a faça modernizar e especialmente rejuvenescer.

cantinhodacasa disse...

Paulo, aqui em Braga o nosso presidente "arrecada" tudo que é hipermercado, túneis, vias rápidas, centros comerciais, para não dar o prazer aos Vimaranenses dessas modernices.
Há muito anos atrás, nua Rua onde fotografaste a menina dos caracóis, tinha umas casas com azulejos lindíssimos que destruíram para dar lugar ao pequeno centro comercial.
Felizmente que tem recuperado muitas fachadas e muito mais há ainda para restaurar.
Quantos ao facto veres muitos jovens , também há muita terceira idade a passear por cá.
Gosto da minha cidade, mas gostaria que a poupassem um pouco mais de oportunismo desmedidos.
Beijinho

PAULO LONTRO disse...

Cantinho,

Daqui a pouco mais de um mês já vamos ver se o estilo do presidente agrada ou não aos Bracarenses…

Do ponto de vista do visitante, e apenas desse ponto de vista, eu digo o seguinte:

Entro em Braga por uma das muitas entradas possíveis e sempre em auto-estrada ou via rápida, passo em várias túneis onde antes parava em semáforos, estaciono em pleno Agosto e com a cidade a abarrotar num parque de autos em plenos centro sem qualquer dificuldade, almoço numa esplanada central com serviço impecável, com a sorte de sentir o fresco vindo das gotículas da agua das fontes (várias na mesma praça), desço uma avenida com um dos teatros mais bonitos de Portugal e com jardins coloridos, passeio-me durante duas horas por ruas fechadas ao transito, carregados de jovens divertidos e bonitos (basta ver a foto da miúda dos caracóis  .), e com lojas melhores que as do Porto, e por sinal com preços mais baixos (diz-me a madame Lontra), saio da cidade sem problemas, em 5 minutos, e vou ver a vista ao Bom Jesus, lá, estaciono facilmente às 5 da tarde e vejo que estão a fazer parques de estacionamento com pés e cabeça, saio para o Sameiro e desço uma das matas mais bonitas que já vi, a da Falperra, entrando directamente, já em Braga para a auto-estrada para o Porto….

Ufa… pareceu um paraíso!

Se me dizes que há oportunismos desmedidos, isso eu não sei, não sou de lá, apenas lá fui e adorei!

PS1 – o Lucas não foi.
PS2 – envias-me para o e-mail o teu telefone, por favor.

cantinhodacasa disse...

Paulo, adorei o teu comentário.
Julgas que não sei admirar a minha cidade?
E olha que há ainda mais para ver.
Por exemplo, na Casa dos Coimbras, de Verão,tem um espaço com relva, onde tens um bar e umas
camas para poderes usufruir de bebidas, café e de música agradável. Ninguém diz que está no centro da cidade.
Eu adoro lá ir tomar café.
Quando falei no túnel da avenida principal, apenas penso que como estava , estava bem.O prolonganmento desse túnel
foi feito para servir o parque de estacionamenteo que vai abrir
debaixo da Liberdade Street,um espaço de çuxo, com lojas e apartamentos junto ao Teatro Circo , que é verdade, está lindo.
Sabes? Tenho pena que muitos dos vetígios romanos tenham sido retirados. Nem sei para onde foram.Aliás, se passaste junto ao teatro viste as fotos das ruínas que lá existiam.
Não digo mal das modernices, digo sim de construção desmedida quando há tntas casas por restaurar cujas fachadas fariam as delícias dos olhares de quem vem a esta cidade.
Como, por exemplo, a praça onde brinquei em miúda. Tem lá a estátua de D.Pedro V. com canteiros à volta. Toda esta zoma tem casas lindas que precisavam de ser recuperadas. E, eu pago a minha contribuição autárquica, acho que seria uma mais valia para a cidade saber que este dinheiro era bem aplicado.
(Que diabo de conversa, pensas tu).

Depois escrevo-te um mail.
Beijinho

cantinhodacasa disse...

Ah! Quanto aos acessos a Braga, estou completamente de acordo contigo.
Beijo

Ana Camarra disse...

Ò homem

com a idade do Lucas era um pastel, claro.
mesmo depois os jesuitas(homens)não fazem o meu tipo....

beijo

LBJ disse...

Reitero e reforço o que abaixo escrevi :)

paula'maria disse...

que orgulho!

PAULO LONTRO disse...

cantinho,
fico à espera de mais opiniões.

PAULO LONTRO disse...

LBJ,

obrigado pá.
:)

PAULO LONTRO disse...

paula'maria

pois é verdade conheço bem a tua cidade.!
mandas-me o teu numero para o e-mail?
Contacto para um coffe quando aí for.
kiss
;)

José disse...

Estes Blogues, quando menos esperamos, trazem-nos sempre surpresas.

Vai fazer dois anos que num cantinho do seu “Cantos e recantos por Braga e Guimarães”, o autor publicou uma série de belas fotos destas duas cidades, sobre as quais hoje, por mero acaso, se debruçou o meu olhar.
Uma delas chamou-me, particularmente a atenção: aquele rosto do Dr. José Ferreira Salgado, com aquele olhar sereno e penetrante; um olhar triste que mais parece de um permanente pranto naquele rosto de um Homem que sempre manifestou uma alegre vontade de viver.

Conheço bem aquele busto – o saudoso Dr. José Salgado era meu tio – mas nunca me fixara naqueles pormenores que a foto revela! Como as coisas são! Belo trabalho Senhor Paulo Lontro!

Paulo Lontro disse...

Obrigado José, pelas suas palavras.
Seja Bem-Vindo.