terça-feira, 13 de outubro de 2009

SEMANA X - 2


Aqui vai o vídeo do Baloiço, o tal…

O que se pretende com ele é entender que depois de escolheres um caminho nunca terás a certeza que vais ter e encontrar sempre rosas nem sempre espinhos.

No vídeo de ontem tu vês que podes FUGIR da dificuldade o tempo todo, mas ela não te largará nunca.
Será mais benéfico aceitar que a dificuldade existe, como já o fizeste, encarar a situação e, porque não, PARAR para pensar.
Neste ponto, normalmente, surge uma situação perigosa, é que podemos cair na tentação de ficar MUITO TEMPO a pensar.
Pois bem, se fosse na montanha corrias o risco de lá ficares e morreres antes de teres tomado uma decisão, escolher um caminho.

.
video


Aqui está, tenho más notícias, quando vamos lançados para uma decisão que nos parece a melhor num determinado momento, podemos mais tarde ter a surpresa de que as nossa expectativas não foram minimamente atingidas e vice-versa, por isso também tenho boas notícias, acontece algo que te parece muito negativo para a tua vida e mais tarde reparas que essa "fatalidade" melhorou, ou pelo menos condicionou muito positivamente a tua vida.

À partida nunca saberás exactamente como vai ser o percurso e muito menos o seu final.
Pois então, à tua frente está o convite à decisão e isto NÃO QUER DIZER que tomarás uma decisão qualquer já que não saberás o final, nada disso.

A decisão deve ser fortemente baseada no que acreditas ser o melhor caminho, ou seja, DEVES SEGUIR os teus VALORES pessoais, os teus PRINCIPIOS DE VIDA.

Quanto mais depressa o fizeres mais depressa a tua vida melhorará!

Dois Segredos só nossos:

- Não há velhos Sábios no alto das montanhas a indicarem-te o caminho, nem fadas madrinhas com varinhas mágicas resolvendo os teus problemas!

- Presta atenção, espera o melhor e prepara-te para o pior, então, vai em frente!

Sssshhhhhiiiiiiiiiii………..

12 comentários:

cantinhodacasa disse...

Tudo o que aqui escreveste é verdade.
E os dois vídeos são fantásticos.
Logo, envio-te um muito interessante. Talvez ajude
Beijinho

Vício disse...

e se a montanha for a nossa consciência?
talvez olhando para ela, muita gente iria deixar de esperar o melhor e SÓ se preparar para o melhor...

nota: estas palavras são deixadas para falar de modo geral e não são dirigidas a ninguém.

sara disse...

Que palavras sábias...só quem já passou por estas situações, sabe dar o valor ao que realmente é importante no nosso dia a dia.
E mais te digo, pega-se no touro é pelos cornos e sempre a abrir!!! (sou touro só de signo hahaha)
kisskiss

Paulo Lontro disse...

cantinho

fico à espera.
:)

Paulo Lontro disse...

vício,

vício, "o caustico"!
:)

cada um sabe, ou deverá saber, onde tem as suas montanhas.

Paulo Lontro disse...

sara,

:)

Holy disse...

A Sara disse : “Que palavras sábias ...”

Eu diria que "Vale a pena" lê-las (com atenção e mais que uma vez) e interpretá-las com a profundidade que merecem. Foi o que fiz.

Creio que podem ser muito úteis para “a amiga em causa” e para todos e qualquer um de nós :

Tomada de consciência da incerteza no resultado esperado, em função do caminho escolhido.
As dúvidas, os “problemas” as dificuldades, continuam “lá”. O que é preciso é não ser demasiado passivo ou impulsivo na caminhada rumo ao pretendido, na ultrapassagem dos obstáculos, correndo o risco de pensar demasiado, gerando indecisões que desviem do “Objectivo”, ou avançar demasiado depressa, magoando-se a si ou a alguém, por ultrapassagem dos seus Valores morais e Princípios de Vida, ou seja :

Decisão, consciência das dificuldades, ponderabilidade mas com determinação no caminho do “Objectivo” .

Óptima ajuda, Paulo Lontro !
.

Paulo Lontro disse...

Holy,

Boa análise no meu ponto de vista!

Sayuri disse...

Há decisões muito dificeis de tomar. Muito dificeis mesmo. E por vezes, quando passámos anos e anos a assumir uma determinada posição, eis que a vida nos prega uma partida e mudamos de posição, decidimos de forma diferente. Não há melhor nem pior, há diferentes caminhos a seguir. Se voltaria atrás para fazer diferente? Talvez sim... talvez não...ainda hoje não sei qual teria sido a melhor decisão, mas tomei uma, e foi nesse sentido que a minha vida continuou...

Paulo Lontro disse...

Sayuri,

Tocaste no ponto, não há mais nem menos, melhor ou pior, preto ou branco, bom ou mau, ....
A avaliação é sempre pessoal e especialmente TEMPORAL.

Voltarei a isto...

Almofariza disse...

Paulo
Poça!
Até acho que vou imprimir muitas das coisas que de que aqui tens escrito e do que se tem comentado e colocar na minha carteira, tipo Post its.

Beijo
Almofariza

Paulo Lontro disse...

Almofariza,

Se te agrada o que lês, então não necessitas de escrever, basta viveres o que aqui está já escrito, se entendes a lógica será fácil...