quinta-feira, 13 de maio de 2010

O PÁLIDO PONTO AZUL . . .

.
ANTES DE VER O FILME, FAZER STOP AÍ À DIREITA NA PLAY LIST...
.

7 comentários:

pinguim disse...

A constatação da nossa insignificância...

retiro o que disse... disse...

Para quê tanta coisa se o que de mais importante não temos? Amor pelo ponto que nos dá vida.

Fiquei emocionada. Vale a pena ver isto.

bjs*

leitanita disse...

FANTABULOSO!!! Amei!

Who Am I disse...

Suspirooooo

Rui da Bica disse...

Dois apontamentos:
Como somos tão "insignificantes", neste infinito Universo !...
Que sequência extraordinária de imagens que nos recordam um universo de coisas "marcantes" que já passaram por nós e nos criaram um enorme mundo de emoções !...
Como tudo é tão relativo !!!
.

FATifer disse...

Caro amigo, fazendo de “advogado do diabo” deixo apenas a pergunta: será que a foto do “pálido ponto azul” teria sido tirada caso muitos não se achassem nada insignificantes (como, visto bem, acabam por ser à escala do universo)?

Grande abraço,
FATifer

Tia Complicações disse...

Tanta emoção num simples pontinho azul, não parece, mas transborda de vida. Somos pequenininhos no tamanho mas grandes a fazer mal ao tal pontinho.