quarta-feira, 11 de março de 2009

ÀS VEZES, MAS SÓ ÀS VEZES...


às vezes são os sons,
às vezes são as palavras,
às vezes são os gestos,
outras vezes são as coisas que me faltam,
às vezes são as coincidências,
às vezes são os sonhos que sonho acordado,
às vezes são as coisas das quais não desisto,
às vezes são esses sentimentos provenientes dos cantos mais escuros,
é tudo tão assustadoramente claro e evidente!






12 comentários:

NI disse...

Só às vezes?

:-)

PAULO LONTRO disse...

NI,
Sim, só às vezes! :)

Ianita disse...

...às vezes... há vezes em que...

Cris... disse...

Às vezes queriamos não sermos nós, e sermos vento que passa e não fica.

Ana Camarra disse...

Às vezes é assim, isto tem dias...

beijos

cantinhodacasa disse...

Esperança, paz, sentimento, todos temos necessidade.
Ás vezes parece que ninguém tem vontade.
Parabéns pelas fotos...como sempre.

escarlate.due disse...

desta vez foram as imagens a ilustrar o belo texto :)
já me tinha habituado ao inverso

M. disse...

... Gostei do post. Bastante.

E aproveito para agradecer o comentário.

:)

M.

najla disse...

às vezes são sentimentos...são desejos...são necessidades!

Lindo!

bjinho

Tretoso Mor disse...

Paulo,

Às vezes acontece!...
Mas por vezes, acontece mais vezes, que as vees que queríamos!...

será assim.. às vezes?...

Um gandabraço.

@me@@@ disse...

às vezes... tantas vezes!!!


:-)

Yiskay disse...

como te percebo...