terça-feira, 17 de março de 2009

POIX... SR. PAPA BENTO




"Não se pode resolver o problema da sida com a distribuição de preservativos pelo contrário, a sua utilização agrava o problema". Disse o Papa aos jornalistas a bordo do avião que o levava aos Camarões.
Esta é a primeira vez que Bento XVI fala explicitamente no uso de preservativos e encoraja a abstinência para impedir a propagação da doença.
A oposição da Igreja ao uso de preservativos é questionada por padres e freiras que trabalham com vítimas da sida em África.
O Papa estimou ainda que a solução passa por um "despertar espiritual e humano" e pela "amizade pelos que sofrem".

Ou seja, se bem entendi a campanha continua, abstinência porque além da sida resolve todos os "outros" problemas, um despertar espiritual humano e sempre que possível muita amizade pelos que sofrem, morrem mas morrem felizes.

Pois, nem sei como os economistas ainda não pensaram nisto para a resolução da crise, as pessoas não deviam comprar nada, abstinência total até na compra de alimentos, à hora da refeição fazíamos um despertar espiritual e pensávamos com amizade em quem já passa fome.

10 comentários:

NI disse...

Pelos vistos....estamos, ahahahahah

Ianita disse...

Nem sei que te diga...

A verdade é que há um problema que eu considero mesmo muito grave que é a falta de confiança...

Penso que um dia posso querer ter um filho e nesse dia terei de confiar a minha vida a um homem...

Para além de toda a pobreza em África, a tristeza que é ver crianças tantas nascerem já com esta doença, custa-me mesmo mesmo muito ver senhoras de cinquenta e tal anos, casadas uma vida inteira com o mesmo homem, serem contaminadas. Dói-me a alma.

Beijos

escarlate.due disse...

haja paciência!!!
cada tiro cada melro
mas essa igreja existe mesmo ou é pesadelo?

PAULO LONTRO disse...

NI,
:)

Ianita,
Confesso que não entendi onde queres chegar com a primeira parte do comentário.
Mas passa-te pela cabeça ter um filho com alguém que à partida, e por todos os motivos (sida e outros), tu não tenhas já toda a confiança do mundo?

escarlate,
existe mesmo mas cada vez com menos "sócios no estádio".
Este Bento já era a voz do "outro" e há muitos anos...

Ianita disse...

Paulo: a questão é que vejo mulheres que viveram uma vida inteira com um homem e já depois de décadas de casamento são contaminadas. Não confiavam elas?

O que digo, e que é triste, é que a confiança nunca poderá ser completa e que algum dia terei de dar um salto de fé.

A taxa altíssima de sida em idosos é uma prova disto que digo. Uma tristeza.

Kiss

cantinhodacasa disse...

É lamentável que neste século ainda se aja e pense desta forma.
A Igreja perde crentes.E aqui, bem ao nosso lado há SIDA, há doenças venéreas, mas pensamos que não está por cá.
Enfim.
Abraço

Al Kantara disse...

Este Bento é papa. Mas este Papa não é bento...

Ed disse...

Este assunto vai ser sempre uma "pedra no sapato" da Igreja com sede no Vaticano.

E não fazem a mínima ideia como tirá-la de lá...

sessaoexperimental disse...

meu amigo...a ignorância...é uma bênção...e neste caso nada santa ;)

abração

Nagareboshi disse...

hipocritas como sempre, assim são e assim serão, o problema é que ainda há muita gente que ouve as opiniões da igreja...a igreja devia abrir os olhos e ver que não é a abstinencia que vai mudar as coisas, ninguem consegue ser abstinente por toda a vida quer eles queiram quer não ( e está provado) o sexo para os humanos é uma forma de socialização e ninguem seria capaz de abdicar dele só porque a igreja é contra a contracepção e depois as pessoas como não querem ir para o inferno nem querem abdicar de uma coisa que é da sua natureza tem relaçoes desprotegidas e o resto ja sabemos...