segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

O MAU TRADUTOR...


Estava eu a viver em Itália há já bem mais de um ano quando a minha mãe, numa das visitas que me fez, me pediu se a ajudava a comprar uma camisa lá numa loja de Milão.

Mãe - Paulo, quero comprar uma camisa, mas tem alguns detalhes e como tu falas bem italiano podias ajudar-me traduzindo o que eu quero.
Eu - Ok, mámi, vamos lá.
Mais tarde e já dentro da loja.
Mãe - Paulo, pergunta-lhe se tem uma camisa branca com pinchéus e rebuço sobre o escapulário.
Eu - Hãããã…. !!!!!!!, eu não sei o que isso é em português, quanto mais em italiano!
Mãe - Eu vi logo que o teu italiano não era grande coisa.
Eu - Hãããã… !!!!

35 comentários:

Ianita disse...

Llllooolllll!!!

O que são pinchéus?

LOL :)

Kisses e como resolução de ano novo vê lá se aprendes italiano! :)

NI disse...

Bolas, nem um bom italiano saberia ahahahahahah

Cati disse...

Ahahahah!!!!

As mães são terríveiiiissss! :D

Beijoca!

pinxexa disse...

Eheheheheheheh!!!!!

beijoca p+ara tua mami....

PAULO LONTRO disse...

Iani,
Depois de 4 anos a viver e trabalhar em Itália tenho italiano que chegue e que sobre, mesmo que não saiba estas palavras estranhas do vocabulário da minha mãe...:)
Acho que pinchéus são pregas verticais na camisa, nas costas ou à frente.
;)

TM disse...

Nem em português... nem em italiano... e acho que nem mesmo em japonês.... Arg... afinal o que são esses bichos?

PAULO LONTRO disse...

NI,
Eu fiquei tão baralhado com o que a minha mão me pediu que dei meia volta e saí da loja, não sei se tinha vontade de chorar ou de rir.
Entrei cheio de tesão para pedir o raio da camisa que me fiquei pela camisa branca .....

PAULO LONTRO disse...

Cati,
Não generalizes, a minha mãe é uma num milhão a utilizar estas palavras técnicas da confecção. :)

PAULO LONTRO disse...

pinxexa,
eu dou, eu dou... !!! :)

PAULO LONTRO disse...

TM,
Vamos lá a ver se eu entendi o que me explicaram na altura e se algum especialista ler esta coisa tem a liberdade para esclarecer aqui o ignorante...:

Pinchéus – uma espécie de pregas
verticais na frente ou nas costas das camisas

Rebuço - uma espécie de gola grande

Escapulário – uma espécie de ombros

Entendido?
Não?

Eu também ainda não entendi nada….

Ana Camarra disse...

Paulo

Eu gaja também não sei, nem uma coisa nem outra.
Quanto a histórias de compras em Itália uma amiga minha em Milão, provoiu uma gabardina ao ver ao espelho a empregada disse-lhe várias vezes que era "Mórbido"
Ela não comprou.
Foi preciso explicar-lhe que mórbido é fôfo!
Isto anos depois quand ela me ofereceu um pelkuche a um dos meus bébés que ostentava a mesma palavra na embalagem e diz a artista:
Não percebo como chamam mórbido a um brinquedo para um bébé!
Ao que respondi:
Ó mulher morbido é fôfo!
Aí corou e contou-me o episódio da gabardina....

Beijos

escarlate.due disse...

ahaahahahhahaahh
mães!!!

FATifer disse...

Obrigado pela gargalhada que me provocaste!

A tua mãe deve ser um ser muito especial (como são todas as mães ;) )

Abraço,
FATifer

Anónimo disse...

Ah, Grande Mámi !!! Elas é que sabem ! Vamos lá traduzir isso ! ...

Pinchéus (ou pinças) – são pregas horinzontais (ex. entre o bico da mama (mulheres) e o sovaco, para formar uma “caixa de peito”), ou verticais, na frente ou nas costas da peça de vestuário, para a tornar mais “slime line” ou para “cintar” uma saia ou umas calças, com cinta mais estreita que a anca.

Rebuço – (ou gola, com rebuço) . Imagine-se a gola e a parte frontal inferior a ela, tal como num casaco de fato clássico. Trata-se de uma camisa que não aperta até cima, deixando à vista uma parte do peito, como o casaco.

Escapulário –( “Back yoke” or “Front Yoke”). Imagine-se uma camisa de cow-boy. É um “reforço” nas costas, imediatamente abaixo da gola (como em quase todas as camisas) e na frente entre os bolsos (do peito) e os ombros, tipo “reforço” triangular ou trapezoidal.

Entendido ??? ...

roserouge disse...

LOL! Que história deliciosa!

PAULO LONTRO disse...

Ana,
Dessas eu tive muitas, dava para um livro.
Desde logo quando vivi na Dinamarca e ainda falava bem mal dinamarquês (tal qual hoje), 10 anos antes, houve uma clássica, era a minha forma de agradecer, confesso que é um pouco ordinária mas com a idade que tinha saíam mais asneiras do que coisas acertadas, por isso…
Os dinamarqueses são muito educados e estão sempre a agradecer por tudo e por nada, diziam-me: TAK FOR DET (algo tipo obrigado por isso ou por teres feito isso), que dito em dinamarquês corrente é dito assim em milésimos de segundo, “takfodê” , os dinamarqueses falam a correr e com sons que para um português prenunciar bem teria que mandar a glote para fora da boca e cuspir quem está à frente tal a dificuldade em falar aquela língua. Eu nunca disse esse agradecimento dessa forma correcta pois tal era a rapidez saia-me sempre “vaitefoder” e os dinamarqueses sorrindo pelo meu esforço em tentar falar aquela língua ainda agradeciam por cima, tak, tak, … poix…

Outra interessante era ver na estrada grandes camiões com a palavra FODER (o O tem aquele traço na diagonal) em tamanho gigantesco. Apenas estava escrito, traduzindo, a palavra “forragem”, ou comida para animais, poix … !!

Já em Itália há duas antológicas. As minhas ervilhas estufadas estavam a ter alguma fama lá no escritório, assim como o meu ainda mau italiano. A trabalhar comigo estava uma alemã que tinha tanto de boa como de mau falar italiano e um dia perguntou-me em bom som, no meio do escritório, se podia ir comer o meu “piselo” ao que eu perguntei se podia ser na minha casa ou na dela… a gargalhada foi geral e os colegas choravam de tanta galhofa, escusado será dizer que nem eu nem a minha amiga Uli entendemos a razão da situação ainda que nos passasse pela cabeça que um de nós, ou os dois, meteu o pé na argola.
Passo a explicar, piselli é o plural ervilha ou seja ervilhas, piselo é algo mais fálico, traduzindo assim bem directo é “pichota”… poix… !!

Outra era a minha mania de não entender o efeito sonoro das letras duplas o que em italiano pode ter consequências como a que vou contar.
Logo num dos primeiros dias de vivencia italiana eu pedi lá na cantina uma determinada pasta simples, aqueles tubos de 4 cm de comprimento ocos por dentro (em Portugal chamam aquilo mil coisas diferentes), pois é, pedi para quem ouviu, “PENE per favore” (prenunciei pêne, a senhora olhou para mim e respondeu-me: “se por acaso tivesse aqui um, guardava-o para mim”!
Pois quem estava na fila não parava de rir e mais uma vez lá pensei que tinha dito cagada. O que deveria ter pedido era PENNE (prenunciar péne, alargando o som do é).
Resumindo, eu pedi à senhora um Pénis, tal qual, … poix !!

Podia falar ainda da alegria de um amigo italiano (adepto na curva do Milan) quando no antigo estádio das antas leu no bilhete “Lugar Cativo” sabendo que, "cattivo" em italiano é, mau.
Ou ainda esse mesmo amigo, quis tirar uma fotografia agarrado à placa toponímica em TROIA sabendo que Troia em italiano é, PUTA… poix… !!

PAULO LONTRO disse...

Escarlate.due,
Mães que entendem de confecção são barra pesada e agora junta-lhe um pai que também trabalhou toda a vida no mesmo ofício.

PAULO LONTRO disse...

FATifer,
todas as mães são especiais... :)

PAULO LONTRO disse...

Anónimo,
Porra … !!!!!

Tanto conhecimento, finalmente ao fim de 10 anos entendi o raio das palavras, eu e a malta cá do Lontrices.

Amén!
E Obrigado .

PAULO LONTRO disse...

roserouge,

lol, eu também me estou a divertir com esta entrada Rose :)

Missanguita disse...

Eu acho que a tua mamã inventou as palavras... só para te testar.... estas nem sinónimos, quanto mais tradução!Eheheh!

Lize disse...

ahah técnicas, técnicas! Mas gostei mais daquele comentário onde explicaste as inúmeras vezes que puseste a pata na poça ahahahah xD Thank you english, at least that is easy enough ;P


Beijocas :)

Pax disse...

Ó amigo, um homem nunca desarma ante a possibilidade de impressionar uma mulher! (Mesmo a mãe;)

Dizias: "Voio una camiseta bianca cum pinchelotes e rebuçotes nel escapularote"

Quando a empregada dissesse "cosa?", dizias à tua mãe que ainda estavam a cose-las e só no mês seguinte estariam prontas ;)

Fácil :)

PAULO LONTRO disse...

Pax,
Seria mais ou menos assim:
Voglio una camicia bianca com pinsci e rebucci sopra i scapulari …
E a empregada talvez respondesse: Ma, sei pazzo, ma va fanculo…

vício disse...

acho que precisavas de alguém que te traduzisse linguagem feminina para português corrente! :D

Anónimo disse...

Bom dia Paulo...
Gosto muito do teu blog, a visita diária é já um ritual!!!
Com este teu post acho que percebi a quem o teu Lucas sai...Ehehehe
Beijinhos Algarvios
Babixa

PAULO LONTRO disse...

Vicio,
Eu entendo a "linguagem"... feminina, mas de facto é noutro tema... :)

PAULO LONTRO disse...

Babixa,
Sejas muito bem-vinda, ao Lontrices.
Tomara eu sair ao Lucas!
Aquele tipo sai é ao “padeiro”, é bonito, inteligente e perspicaz.
Poix… hi hi hi … ;)

Pax disse...

"Voglio una camicia bianca com pinsci e rebucci sopra i scapulari …"

Capisquei perfeitamente :)

"Ma, sei pazzo, ma va fanculo…"

Cosa?!?!

;)

PAULO LONTRO disse...

Pax,
o que me pedes para traduzir...
sei pazzo = és maluco
ma va fanculo = fuck you

nagareboshi disse...

lol nem eu sei e sou mulher!!! mas não sei porquê mas vestir pinchéus e rebuço sobre o escapulário não me soa nada bem...podias desviar o assunto dizendo " ó mãe mas isso já esta fora de mora" XD

Pax disse...

"sei pazzo = és maluco
ma va fanculo = fuck you"

Há aí duas palavritas em inglês... ;)






NÃO, NÃO é para traduzires!

:)

Dulcineia disse...

Valeu! fartei-me de rir com os comentários, especialmente as histórias de itália e da dinamarca - ai, e eu que nunca consegui articular bem uma frase em dinamarquês -
Quanto à mãe, percebi o q ela queria, óbvio, como só as mães são... agora uma tradução????
deu para rir, num fim de dia !
Um abraço e parabéns!

PAULO LONTRO disse...

nagare,
Seria impossível dizer isso à minha mãe sem ser eu a fazer figura de parvo, eu de moda não sei nada e ela de moda é criadora, sendo assim...

PAULO LONTRO disse...

Dulcineia,
Bem-vinda ao Lontrices.
Ainda bem que provoquei sorrisos.

De facto a tradução daquelas palavras já foi feita aqui nos comentários por um anónimo.•

Pinchéus (ou pinças) – são pregas horizontais (ex. entre o bico da mama (mulheres) e o sovaco, para formar uma “caixa de peito”), ou verticais, na frente ou nas costas da peça de vestuário, para a tornar mais “slime line” ou para “cintar” uma saia ou umas calças, com cinta mais estreita que a anca.

Rebuço – (ou gola, com rebuço) . Imagine-se a gola e a parte frontal inferior a ela, tal como num casaco de fato clássico. Trata-se de uma camisa que não aperta até cima, deixando à vista uma parte do peito, como o casaco.

Escapulário –( “Back yoke” or “Front Yoke”). Imagine-se uma camisa de cow-boy. É um “reforço” nas costas, imediatamente abaixo da gola (como em quase todas as camisas) e na frente entre os bolsos (do peito) e os ombros, tipo “reforço” triangular ou trapezoidal.