terça-feira, 6 de janeiro de 2009

QUEM PEDE DESCULPA AO MUNDO III









Fotos: agên. reuters, EFE, e web
Mais pedidos de desculpa no Lontrices, (AQUI) e (AQUI) e (AQUI) e (AQUI)

Meninos da guerra
Quem vos foi acordar?
Não foi a mãe terra
Nem por certo o mar!

Meninos da guerra
Tão velhos que já o são
Quem vos deu armas
Que levais na mão?

Meninos da guerra
Que jazem no chão
Quem vos roubou a vida
Não foi a terra! Não!
Pois a mãe terra
Vos prometeu pão…


Rogério Martins Simões

18 comentários:

NI disse...

Todos aqueles que fecham os olhos perante estas imagens fingindo que nada têm a ver com eles.

Soraia disse...

São imagens que me tocam...
Ainda nos queixamos "nós" da vida que temos, da comida que nos põe à frente, quando esses meninos apenas gostavam de ter a nossa vida e um pedacinho da nossa comida...
Acima de tudo meninos que gostavam de ter uma infancia diferente....

Ianita disse...

Eu peço...

Desculpa.

Kiss

Patrícia Villar disse...

...

PAULO LONTRO disse...

A cada passo dou uma entrada destas.
Eu tenho a consciência que posso fazer muito pouco para resolver estes assuntos e outros como a homofobia ou a violência infantil ou doméstica ou tantos outros dramas humanos.
De uma coisa eu tenho a certeza, ainda posso denunciar, esse direito ninguém mo tira e utilizo este modesto meio que tenho à mão, para o fazer. Não somos todos o Dr. Fernando Nobre mas este homem também começou a fazer um pouco e hoje tem uma organização que mobiliza muita ajuda.
As fotos chocam, seria bem mais agradável postar sempre temas bonitos e divertidos mas acho que se todos ajudarem a denunciar as maldades que temos no mundo, já é uma gota no oceano e muitas gotas juntas …

PAULO LONTRO disse...

Soraia,
Sê muito bem-vinda ao Lontrices vizinha.
Diverte-te com o teu novo blog "Um dia de cada vez" e retira dos contactos com as outras pessoas o máximo que poderes.
Sozinhos não somos nada.
:) ;)

Tretoso Mor disse...

Paulo,

Fabulosa esta escolha.

É incrível como a humanidade perite semelhante situação.

É inconcebível que os homens permitam que a infância seja interrompida desta forma e com este propósito.

Este Post ARREPIA!

Um gandabraço

Ana Camarra disse...

Paulo

Imagens dilacerantes.
Sempre as crianças.

Beijos

sessaoexperimental disse...

impressionante....

TM disse...

Todos nós deveriamos pedir desculpa... infelizmente ainda parece que não somos suficientes os que o fazemos... e continuamos o destruir o mundo...
DESCULPA....

Cris... disse...

E logo hoje, que no meu país é o dia das crianças, dos brinquedos, da ilusão.

Dos que ignoram que há este mundo no mundo real.

Só espero que o ignorem durante uns anos, os de criar a magia da vida no coração, e o combatam depois, com toda a força que os que estamos crescidos não sabemos usar.

Conde disse...

É a maior das tragédias aquilo que nós somos capazes de fazer ás nossas crianças.O mundo não tem vergonha nem escrupulos,somos capazes do mal tão vil,que o que fazemos de bem nem conta.Um dia afastar-me-ei das pessoas com prazer sabendo que sou uma delas,veremos o que restará á chegada.

Lize disse...

Podemos todos ajudar um bocadinho sim... eu por exemplo posso fulminar o meu irmão com o meu terrível olhar maldoso e perguntar se quando ele se está a rir de uma metralhadora na televisão (estavam a mostrar a guerra Israel/Palestina), se ele por acaso gostava de estar ali...

As fotos são geniais, apesar de tristes e chocantes.

Beijocas

Missanguita disse...

Eu e as minhas 4 gavetas de meias pedimos desculpa ao mundo... somos umas bestas...

nagareboshi disse...

ver adultos sofrer nem sempre me move mas ver crianças a sofrer é sempre de mais para mim, e saber que por mais que se faça é só mais uma gota no oceano é ainda pior!

K disse...

Sei que não tem nada a ver, mas tive uma sensação semelhante ao título quando entrei no bairro S. João de Deus. E no Lagarteiro. Uma coisa é sabermos que as coisas existem, outra é vermos com os nossos próprios olhos. E agradeço e admiro que mantenhas presente a realidade. Talvez assim nos tornemos mais humanos…

Dulcineia disse...

pois é... http://fr.youtube.com/watch?v=pWRLqw-M1Jo
então, pq nos calamos e, falo por mim?

PAULO LONTRO disse...

Respondo aos vossos comentários com a fábula do beija-flor.

"Com certeza que não", respondeu o Beija-Flor, "mas estou a fazer a minha parte".