segunda-feira, 7 de setembro de 2009

1993 . . .


foto : paulo lontro


Minhas lágrimas caem-lhe nos peitos...
enquanto o luar a nimba, inerte, gasta
da ternura feroz do meu amplexo.

(José Régio)

6 comentários:

Paula disse...

lindas palavras e linda fotografia...
:)

cantinhodacasa disse...

És um sábio...de autores portugueses.
Beijinho

PAULO LONTRO disse...

Paula,
obrigado
:)

PAULO LONTRO disse...

cantinho,

este poema tem mais estrofes, não só esta, mas esta é "interessante"...

fiquei a saber que, amplexo é Abraço!

sessaoexperimental disse...

saiu uma foto espectacular ;)

PAULO LONTRO disse...

Sessão,

Pois saiu..., momento feliz aquele!