terça-feira, 21 de julho de 2009

6 MESES COM OBAMA . . .









Estava eu a ler um post no blog da minha querida amiga Ana Camarra quando a certa altura li: “Obama que todos os dias recua naquilo que insuflou de esperança nos incautos, confesso que a mim não me desilude porque não esperava muito dele”

Porque não concordo mesmo em nada com esta frase que ela escreveu e porque não temos que ter todos a mesma opinião, felizmente aqui isso é possível, lembrei-me que há 10 meses, AQUI, escrevi que tinha duvidas se os votos que este homem iria receber e que o fariam ganhar a presidência, eram pró Obama ou anti Bush.
6 meses após a tomada de posse, apenas 6 meses, ele já fez mais, muito mais do que eu esperava.
Ele já lançou a maior reforma na saúde que os USA já tiveram, ultrapassa em muito o que a senhora Clinton tentou fazer há muitos anos, esta reforma é fundamental para um pais onde 15% da população não tem qualquer apoio de saúde.

Obama fez o maior desafio à sociedade desde que JFK lançou o desafio da ida à lua, reduzir muito mais do que foi imaginado até agora as emissões de gases perigosos e o parcial abandono da utilização do petróleo nos US.

A economia e especialmente as finanças dos estados unidos estão bem melhor agora do que quando ele entrou. Segurou de forma exemplar o que foi possível na banca e no ramo automóvel.

Já começou o fecho da vergonhosa prisão de Guantánamo e já agora para não sairmos de Cuba levantou parcialmente o terrível e injusto bloqueio económico a uma das últimas ditaduras Comunistas que ainda há na terra, ainda antes da morte do ditador.

Fez os seus périplos pela palestina e deu a cara pela paz e criação justa do estado palestiniano independentemente da ligação com Israel.
Tal como prometeu, já se iniciou a retirada dos soldados do Iraque e reforça as tropas, onde são necessárias, no Afeganistão.

Fez o que foi possível em APENAS 6 meses com conversações com a Russia, relação mais ou menos pacífica e apenas continuam sem avanços as relações diplomáticas com o Irão e a Coreia do Norte.

Na minha opinião, o Obama nunca recua naquilo que insuflou de esperança e confesso que a mim não me desilude porque sempre esperei muito dele.
Muito tem ele por fazer, mas o que se poderia ter feito mais, em apenas 6 meses…?

19 comentários:

Ana Camarra disse...

Ò Coração

A coisa que mais desejo é estar errada e tu certo.

beijo

PAULO LONTRO disse...

Ana,
acredito que sim.
;)

NI disse...

Paulo, concordo com a análise que fazes.

E eu acrescentaria apenas um pequeno detalhe: conseguiu eleger para alguns lugares chaves personas non gratas para os conservadores o que, pessoalmente, me deu enorme prazer porque sempre lutei contra dogmas e barreiras ilegais.

Beijos

Gata2000 disse...

Eu por mim continuo acreditar "Yes, we can!" TODOS

cantinhodacasa disse...

Que texto completo!
Acho que sim, ele tem feito o que muito. Oxalá continue como está.
Beijinho

Cris... disse...

Eu estou contigo.
Em 6 meses, e sabendo que as expectativas eram (são) enormes, não só dos americanos, mas do resto do mundo, ele fez o melhor que pôde, e o mais que conseguiu, e também acho que é muito.
Há dirigentes noutros paises mais deste lado que fazem menos em legislaturas inteiras.
Talvez a única coisa que Obama ainda não fez, e está muito mal, é ter-me mandado um convite para ser becária na White House.

Eu, que ia achar o máximo ao salão oral!
Digo, Oval!

Cris... disse...

E é claro que quero dizer que NÂO me mandou o convite.
Caso contrário...ia estar eu agora aqui, com tanta coisa para se fazer por lá!

PAULO LONTRO disse...

NI,
exactamente e teve o cuidado de manter em pontos chave da secretaria da defesa elementos já no posto, pois é necesssário conhecer a situação.

PAULO LONTRO disse...

Gata,
quando há liberdade isso é possível sim.

sessaoexperimental disse...

meu amigo, não podia estar mais de acordo, se todos os politicos fizessem metade do que ele já fez...todo o planeta agradecia ;)

PAULO LONTRO disse...

Cantinho,
Oxalá, para bem da paz do mundo.
Já chegaram os 10 anos do outro anticristo...

PAULO LONTRO disse...

Cris...,
lindona, lol...
becária é estagiária?
ok...rsrsrsrs...
este, acho que não fuma charutos...

PAULO LONTRO disse...

sessão,
pois é verdade mas o mais importante ainda vem.
a relação com a Rússia é crucial para dominar o extremismo dos homens do Irão e a relação com a China é fundamental para acalmar os ditadores da Coreia do Norte.

Cris... disse...

Pois, ele não!

Capitão Romance disse...

a paz e a igualdade são tão lindas.

mas nunca um socialista tão socialista como o Obama fará da américa a potencia que outrora foi.

nao é a fazer as pazes com todos os paises com os quais está de costas voltadas há decadas que vão mostrar que estão vivos.

a china nao cumpre quioto. sim vai ser uma grande potencia.

o irão é o que se sabe. sem estão a preparar-se para serem uma grande potencia.

a américa faz as pazes com o mundo. sim vai deixar de ser uma potencia.

nao me importo se me chamarem estupido. gosto de sê-lo.

ianita disse...

Concordo plenamente...

O que mais me surpreendeu foi mesmo a abertura a Cuba... foi um passo gigante!

Mas, continuo a dizer que o que ele fez de maior foi mesmo fazer com que toda a gente (ou quase toda a gente) acreditasse... porque o sonho que os move está a mudar o Mundo... devagarinho, mas está.

Vera Angélico disse...

Sim, à parte das medidas práticas (e tantas mudanças em tão pouco tempo), a vertente dos sonhos. Eu chorei (sim, chorei muito...), a ouvir o discurso de vitória dele. Ele tem essa capacidade: de quase recrutar o mundo todo, em função de uma causa. Ele apaixona... (e não é por ser pretinho, alto, espadaúdo, com um sorriso irresistível e cheio de charme... ou é?)

(O que eu gostava de uma guided tour pela sala oral, como diz a Cris... Ups... oval...)

Cris... disse...

Vera, mas com estágio prático presidencial, senão, não vale!!

Ená, sala oral...que grande nome!

LBJ disse...

Confesso que continuo expectante, a questão do sistema de saúde é realmente algo extraordinário se o conseguir fazer, mas não esqueças que nos USA tudo é um negócio, como transformar o negócio das seguradoras, dos hospitais noutro negócio? Mas não te iludas tudo é um plano de negócio meticulosamente preparado, levar alguém como Obama à presidência custou muito dinheiro e quem investiu vai querer o retorno.

Mas enfim depois do ac como tu dizes tudo é melhor.