quinta-feira, 23 de julho de 2009

ACEITA, MUDA OU DEIXA . . .

Até parece fácil, quando estamos perante adversidades não podemos escapar a uma destas 3 soluções.

Não havendo alternativas além destas, porque tantos passam tanto tempo a sofrer antes de tomar as decisões?

16 comentários:

ianita disse...

Adorei o vídeo :)

E sim, tens razão... temos de nos mexer... enfrentar... agir... decidir... avançar :)

Como diz o Torga, recomeçar ;)

Ou aceitar o mal menor... :)

Beijo grande!

Marla Singer disse...

O meu palpite é que às vezes falta informação para se conseguir tomar a decisão. E deixa-se andar para ver se há algum factor novo que ajude à escolha. Mas eu sou especialista em deixar arrastar...

leitanita disse...

É dificil demais! Há sempre tantas condicionantes. Mas quando se decide a coisa mexe mesmo.

cantinhodacasa disse...

1º Adorei o vídeo
2º Custa tomar decisões
3º A Maria Singer tem razão: deixamos andar
4º Aceitando-as temos que assumir

Parabéns pelo post

Who Am I disse...

:)) Porque achamos que uma vez tomada uma decisão é irreversível...muitas vezes as decisões têm pesos que não deviam ter. Gostei muito. Contigo parece tudo tão mais simples :))

beijinho

Pax disse...

Vão-se sempre tomando cada uma das três. Só que nem sempre com o sentimento de ser a definitiva ou a melhor escolhida e, isso sim, é isso que provoca o sofrimento.

:)

Rita disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
PAULO LONTRO disse...

ianita,

seja o que fores que aceites fica aceite, passa a ser a melhor escolha e nunca pode ser sentido como o mal menor. se assim for a aceitação nunca será concretizada e a frustração continuará.

PAULO LONTRO disse...

Marla,

viva e bem-vinda.
sem duvida tens razão, não digo nunca que é fácil, de facto, às vezes é bem difícil, importante é não deixar "arrastar", como dizes .... lol...
:)

PAULO LONTRO disse...

leitanita,

é como escrevi à Marla, é difícil mas ou vai ou racha... e como te disse uma vez ,ainda há espaço para o destino fazer o seu papel…
;)

PAULO LONTRO disse...

Cantinho,

pego no ponto 4, depois de escolher um caminho não adianta pensar que se poderia ter escolhido outro caminho, ou que não foi a melhor escolha.
depois de escolher está escolhido e assumido, é ir em frente e mais tarde ou mais cedo, outros desafios vão aparecer.

PAULO LONTRO disse...

WAI,

irreversível só é a família, e não toda… pais, filhos e irmãos não se podem alterar, o resto…
podemos sempre escolher novos caminhos e vida é assim, não podemos estar paralisados pelo medo ou porque não acreditamos em nós.

PAULO LONTRO disse...

Pax,

pois é, não é fácil... no entanto, os momentos antes das decisões são seguramente mais difíceis que depois destas serem tomadas, pelo menos para mim.

Quantas vezes o facto de decidirmos já nos tira o peso de cima das costas.

PAULO LONTRO disse...

Rita,

(se não és a Rita que eu penso...)
Bem-vinda aqui ao canto.

Sim, este é um dos meus filmes e não é o primeiro que por aqui passa...
:)

Missanguita disse...

Teste...

Missanguita disse...

Reposta a identidade...
é um dos teus!