quinta-feira, 12 de novembro de 2009

ENTENDIMENTOS . . .



Quando eu tinha 6 anos, a minha mãe disse-me que a felicidade é a chave da vida.

Pouco mais tarde, na escola, a minha professora perguntou o que eu queria ser quando fosse grande.

Eu respondi: Ser Feliz e Fazer os outros Felizes.

Ela disse-me que eu não tinha percebido a pergunta.

E eu respondi-lhe que ela ainda não tinha percebido a vida.






original (?)

31 comentários:

Lia disse...

muito, muito bom!

K disse...

Pois...acho que a maioria ainda não entendeu a vida! (ultimamente nem eu a tenho entendido muito bem, mas isto passa!)

Almofariza disse...

Pois, eu hoje não fui muito feliz:(
Mas tentei fazer os outros felizes.
Conta?

Cadês
Almofariza

Vani disse...

ENA, LOOOL, disseste-lhe mesmo isso???? Menino precoce!!! Muito bem dito, sem dúvida.

(Por momentos pensei que ias dizer, e você não percebeu a resposta, lol)

catwoman disse...

Pela parte que me toca, continuo a tentar entendê-la e se esse é o caminho para a felicidade, nunca desistirei dele. Boa noite, Lontro, fotos lindas e food for thought, só mesmo aqui.

Paulo Lontro disse...

Lia,

Ainda bem.
:)


K,

Entendes bem mais do que queres fazer querer...
:)


Almofariza,

Tudo conta, até o facto de não teres sido feliz conta para a tua felicidade.


Vani,

Poderia ter dito se tivesse visto a luz tão cedo...
;)


Cat,

Minha linda, não há nenhum caminho para a felicidade, a felicidade é ela mesma o caminho...
kiss
:)

A Princesa disse...

Excelente!!!

Eu tento todos os dias, embora às vezes sinta que não o consigo... :(
Resta-me o consolo de ter tentado!

Bjs

NI disse...

E depois admiras-te das respostas do teu filho.

Quem sai aos seus...

cantinhodacasa disse...

Boa resposta.
Beijinho

Girl in the Clouds disse...

Um post muito bom!! Um comentário inteligente!!

JP disse...

PL,
Aos 6 não sei, mas aos 8 dizia a toda a gente que nunca me casaria e aos 9/10 anos desejava voluntariar-me e partir para África.
Cumpri as duas. :)

JP disse...

Sobre a felicidade... será que se consegue defini-la?
Há um problema... cada cabeça sua sentença.

Li disse...

Vale a pena pensar nisso!

Paulo Lontro disse...

A Princesa,

Resta-te o consolo, não de teres tentado, mas de continuares a tentar.

Há sempre dentro de nós uma parte que é o nosso “diabinho” e que nos diz que não, não vamos conseguir, mas se tens essa consciência, isso quer dizer que há outra parte que está a ver e ouvir esse diabinho e diz-te o contrario.

Havendo estas duas dimensões quer dizer que há uma terceira que pode subir e “ver do alto” este "diabinho" e este "anjinho" a debaterem, essa parte que vê as outras duas é o teu verdadeiro EU, esse, és tu !

Pensa nisto.

Paulo Lontro disse...

NI e cantinho,

:)

Paulo Lontro disse...

Girl,

Obrigado.
:)

Paulo Lontro disse...

JP,

Eu sei que conseguiste e dou-te os parabéns, poucas pessoas têm essa faceta da CONTRIBUIÇÃO tão desenvolvida como tu tens.
Obrigado pelo teu exemplo.

Quanto à definição de felicidade… poderia ser um longo debate.

Curiosamente, como dizes, há muitas sentenças, muitas opiniões e isso é para mim benéfico e nunca “um problema”.

A felicidade não depende de estados sociais, nem inteligência, nem dotações de beleza ou fama.

Felizmente é muito mais simples do que isso.

Todos temos um propósito de vida (muitas vezes não identificado) e valores de vida, seria bom que todos tivessem objectivos definidos (muito poucos os têm), mas quem os tem e vai a caminho deles, tendo a consciência que eles são congruentes com os seus valores e propósito de vida, então, a felicidade existe nesses seres desde que não deixem que situações passadas os limitem e que o futuro não entre e domine o Presente, até porque o futuro é “apenas” o Presente que vai chegar.

Seria uma longa conversa… (e adoraria tê-la).

Paulo Lontro disse...

LI,

pois vale... acredita que sim !!!

Vício disse...

muito original!

uma boa resposta!

Paulo Lontro disse...

Vício,

Vindo do meu "rei das respostas"...
Obrigado!

VCosta disse...

Boa tarde Paulo.
Ontem não foi minha intenção tornar as coisas pessoais muito menos atacar fosse quem fosse...
Parece-me que levaste as coisas para esse campo!
Se te ofendi peço desculpa... embora estivesse a generalizar!


Com 6 anos tinhas a resposta na ponta da língua... dúvido que tenhas levado poucas reguadas!

Paulo Lontro disse...

VCosta

Uppsss...
Deves estar enganado, era para mim que querias mandar isto?
É que nem sei do que estás a falar, juro...
:(


Não fui eu que disse esta frase, esta lá no post , no fundo, que o original é (?)
Não sei se alguma vez isto foi dito, mas se foi, gostava de ter sido eu...
:)

Goldfish disse...

Uma grande resposta, sem dúvida!

Paulo Lontro disse...

Gold,

a mais pura das verdades.

Textículos disse...

Boa resposta e uma grande lição.
__
Textículos

VCosta disse...

Estava a falar sobre o post do JP!
Bolas de Berlim dos 18 aos 20 anos?!
Os comentários podem ter sido mal interpretados, ou então mal expressados! É que era minha intenção satarizar as pequenas e não a nossa espécie...
Abraço.

Paulo Lontro disse...

Texticulos,

:)



VCosta,

VCosta,
O mundo dos blogues é um local para nos divertirmos, com coisas, mais ou menos sérias.
Mal seria se fosse aqui que eu baixasse o meu nível de bem-estar.
Meu caro, eu entendi, mas mesmo que não tivesse entendido eu esclarecia contigo.
Diverte-te e não leves a sério o que não é divertido.
:)

VCosta disse...

OK, meu caro...
Apenas não gosto de criar conflitos (mesmo que virtuais) por questões mal resolvidas ou interpretadas.
Por mim, assunto mais que resolvido!
Abraço. Bom fim-de-semana!

Princesa (des)Encantada disse...

Aos 6 anos... E com convicção para durar o resto da vida. É fantástico.
A tua resposta ao JP merecia um postzinho próprio, para mais fácil referência...
kiss :)

Paulo Lontro disse...

Princesa ENCANTADA,

Tu sabes como eu penso...
:)

A Princesa disse...

Obrigado...

Bjs