quinta-feira, 6 de novembro de 2008

PERDOA-ME...

"Atirei-me então a seus pés, abraçando-a pela cintura contra o peito, num frenesi furioso:
- Perdoa-me! Perdoa-me...
- Deixa-me - gemeu ela rompendo, finalmente, em soluços.
- Por causa disto! por causa disto! - repetia eu rasgando o seu vestido com as unhas e os dentes. E ao mesmo tempo a esmagava contra mim, a sacudia como querendo embalá-la, cobria de beijos esse mesmo vestido, e lhe levantava a cabeça para lhe sugar a boca ou beber as lágrimas nos olhos.
- Deixa-me... - continuava ela a gemer, quase nua nos meus braços.
E de vez em quando: - Isto não tem jeito! Temos de acabar com isto!
Mas não sabia defender-se. Parecendo-me então, que os meus transportes poderiam aterrá-la, comecei a falar-lhe mais brandamente, a deitar as culpas sobre mim, a prometer-lhe um futuro completamente diverso, convencido, na verdade, de me ser possível tratá-la de aí em diante como ela deveria ser tratada, como uma criança que era preciso proteger, - tudo no meio de carícias agora extremamente demoradas, voluptuosas, instintivamente requintadas...
E nessa noite, o nosso delírio ultrapassou o das nossas primeiras noites de amor.
Nunca o meu prazer fora tão profundo; e eu bem sentia que o dela igualava o meu.»

José Régio - O vestido cor de fogo







6 comentários:

Ianita disse...

...

Lindo.

:)

Cris... disse...

Perfeito texto.

Tretoso Mor disse...

Paulo,

Saabias que o José Régio tinha "pavor" de mulheres?...

Há quem diga até, que ele morreu... virgem.

É incontestável a sua escrita, em ensaios , romance ou poesia, mas é curioso como ele escreveu tão bem sobre dois assuntos que "detestava": As mulheres e Deus. Aliás, a maior colecção particular de Cristos era, até há pouco tempo, ainda dele!

Um gandabraço.

PAULO LONTRO disse...

> tretoso,
Não sabia não, por acaso há já uns anos estive a visitar a casa dele em Portalegre, li algumas coisas, sei que o nome dele não é Régio, é Reis Pereira, sei que nasceu e morreu em Vila do Conde mas essa das mulheres… eu nem imaginava.

Missanguita disse...

suspiro...

PAULO LONTRO disse...

> iani, cris..., missang,

:) ...